Saturday, April 28, 2007

..: NORTON :.. Concertos & Dj Set´s

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
::: 04 Maio (Sexta-Feira)
::: Semana Académica ::: Castelo Branco
::: 23h ::: Concerto
::: 02h ::: Dj Set

::: 05 Maio (Sábado)
::: Music Box ::: Lisboa
::: 23h ::: Concerto
::: 01h ::: Dj Set

Friday, April 27, 2007

..: NORTON :.. @ Amie Street & YouTube

You can now buy some of the songs of our brand new album Kersche at the website Amie Street.
They are cheap... and soon we will have there all the album for you to buy!

We have created a Norton page in YouTube where we will post some videos of the concerts, rehearsals and of course clips...You can visit it here!




Thursday, April 26, 2007

..: NORTON :.. Pleased To Get Home

/// PLEASED TO GET HOME

Move a little further
So that you could seat
And stay here with all the wine
And conversations up too high
I really don’t know if this is
When I like us most
So pretty and bright

Pleased to get home

It’s you a heartbeat of my own
It´s you in every heartbeat of my own
(Go find… gotta find!)

Forgetting the imperfections
Reaching the little details

It’s you a heartbeat of my own
It´s you in every heartbeat of my own
(Go find… gotta find!)

Song: Norton
Lyric: Carolina Rodrigues / Re-Arranged by Norton

Tuesday, April 24, 2007

..: NORTON :.. New Dates!!!

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Monday, April 23, 2007

..: NORTON :.. Cinnamon & Wine

/// CINNAMON & WINE

You’ve got cold honey eyes
But I don’t mind
´Cause even though winter
Seems to win your side

So listen to the sound
Turn your body into words
That will dance like its spring
Warmed up by the chords

I feel fire when you sing

Life does me wrong
But you’re the therapy
That can fix me up
To hold on
Just a little longer

Burn all my autumn beliefs
Like cinnamon and wine
Can spill our shells away
While I’m lost in the fog
In the sweetness of yourself

I feel fire when you sing

Life does me wrong
But touching your skin
Can fix me up
To hold on
While I make my way
Through another sin

Song: Norton
Lyric: Illyana Dann / Re-Arranged by Norton

..: NORTON :.. Sailing Across A Distant Sea

/// SAILING ACROSS A DISTANT SEA

Drew a line in a cocktail napkin
To waste some time at six pm
Then I eyed you, suddenly I slightly move
I slightly move…
From time to time
I consider leaving away on a boat with you
But for all the other seasons
I unpack everything into the right place
And everything is right where it should be

Song: Norton
Lyric: Carolina Rodrigues / Re-Arranged by Norton

Saturday, April 21, 2007

..: NORTON :.. Compilation

Chama-se Novo Rock Português e é uma compilação com as melhores novas bandas portuguesas. Dois Cd´s com 38 bandas à venda a partir de 30 de Abril. Nós estamos por lá com o já "antigo" Swirling Sound.
---
The name is Novo Rock Português and it´s a compilation with the best new bands from Portugal. Two Cd´s with 38 bands, in stores at 30 of April. We are there with the song Swirling Sound.

Wednesday, April 18, 2007

..: NORTON :.. KERSCHE

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Tuesday, April 17, 2007

..: NORTON :.. @ Trama Virtual ::: Brasil

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Iguaria lusitana
por Flávio Seixlack
17/04/2007

Com músicas delicadas, portugueses do Norton lançam disco novo e pretendem vir ao Brasil.

Diferente de muitas bandas, o quarteto português Norton se formou a partir da junção de dois grupos que partilhavam o mesmo local de ensaio e alguns integrantes. “Então decidimos juntar tudo e formar algo mais sério e resultou muito bem. Passados quatro meses gravamos o primeiro EP, que saiu em abril de 2003”, conta o baterista Rodolfo Matos.

Com “uma mistura indie com eletrônica, pop e, ao vivo, um pouco mais rock” o quarteto diz ser influenciado por tudo o que o rodeia. “Nosso dia-a-dia, nossas vivências, tudo mesmo!”, diz Rodolfo. “O amor, o universo... as coisas bonitas”, continua. As referências musicais vêm tanto de nomes islandeses como Múm e Sigur Rós quanto dos grupos indie Death Cab For Cutie e Yo La Tengo, tudo com uma característica e sutil batida eletrônica.

Por conta das influências e pelo fato dos integrantes do Norton sempre terem ouvido músicas em inglês desde pequenos, a preferência por cantar no idioma é mais que natural. “Não foi algo muito pensado”, diz. “Foi mesmo óbvio para nós no início. E a música que nos fazemos cantada em português acho que não ia soar muito bem, sinceramente!”

Um ano após sair o EP Make Me Sound a banda gravou e lançou seu primeiro álbum, intitulado Pictures From Our Thoughts. Frames, um disco de remixes e versões, saiu no ano seguinte. Após passarem quatro meses em estúdio (entre outubro de 2006 e janeiro de 2007) os portugueses acabam de lançar seu novo trabalho, Kersche.

Segundo Rodolfo, o processo de produção e gravação foi lento e pensado. “Não queríamos fazer nada ao acaso”. Foi a primeira vez que a banda fez uma pré-produção e gastou muito tempo dentro do estúdio para registrar um álbum. “Encontramos o produtor certo para os Norton também. Gravamos com o Eduardo Ricciardi nos seus estúdios em Lisboa, The Golden Pony. Em fevereiro o disco foi masterizado em Nova Iorque nos estúdios The Lodge, por Emily Lazar (Arcade Fire, Lou Reed, Radio 4, Morrissey)”.

Muito mudou na mentalidade da banda entre o primeiro e o segundo trabalho. “De 2004 para 2007 crescemos muito como pessoas e como músicos. Mudamos a maneira de compor e mudamos a música que fazíamos também, mas sempre sem perder a nossa identidade como Norton”, diz Rodolfo.

Apesar de ter sido lançado há pouco (o disco saiu no começo de abril), Kersche já recebeu um bom número de críticas positivas nos meios musicais do país. “Pessoas que nunca ouviram falar da banda ao lerem as críticas talvez fiquem interessadas, comprem o disco e apareçam nos concertos! Isso seria ótimo!”. Ainda assim, Rodolfo é nostálgico quanto a cena independente portuguesa. “Me parece que já não é como alguns anos atrás, com gravadoras como a Bee Keeper e os seus concertos regulares, havia um culto que já não existe… Um amor à música que se vê muito pouco!”, opina.

Mas, se falta amor à música por parte de algumas bandas portuguesas, o mesmo não acontece com o Norton. Com canções bem gravadas que evocam delicadeza e sensibilidade naturais, o grupo certamente não hesita em depositar os sentimentos em suas composições. Segundo Rodolfo, a calmaria das gravações de estúdio muda de figura quando o assunto é tocar ao vivo. “Acho que fica mais potente, mais rock. Também ao vivo é normal haver mais energia”.

Com o disco novo nas mãos, os portugueses querem agora se apresentar o máximo possível, tanto no próprio país quanto fora dele. Apesar de haver dificuldades para vir tocar no Brasil, o baterista diz que o CD deve chegar por aqui de alguma forma. “Pelo menos uma distribuição do disco aí é obrigatória para nós”.
(in www.tramavirtual.uol.com.br)

..: NORTON :.. (your) Balcony

///(YOUR) BALCONY

Being seated on balcony
Smooth spring night oh…
Watching the sky with IR eyes
Drinking mint tea with no light
We have peace from morning until dawn
The most beautiful view

It’s like having paradise in my mouth
Waiting for you to come from the city
(All) the little people move so busy
Between small white boxes
Like sugar cubes in a street
(Here) there’s only music on Sundays
And the rest of the week

It gets bigger as I open the window
Waking up with “miracle”
At my perfect balcony

Song: Norton
Lyric: Carolina Rodrigues / Re-Arranged by Norton

..: NORTON :.. Kersche Reviews

"Kersche" (Kér-sxe), apenas.
Sucessor de "Pictures From Our Thoughts", de 2004, "Kersche", marca o regresso à cena do indie albicastrense. Com um disco de remisturas pelo meio, os Norton regressaram em 2007 com um novo disco, construído sob um manto de paz e serenidade. Alguma singeleza. É um disco de alguma intimidade, pressente-se pelo ressoar, pelo sopro, a respiração, o eco...das almas dos homens.
Ou, como dizem os próprios na sua apresentação, "o novo disco dos Norton é isso mesmo. Um disco novo. Hoje em dia quase que como se de um objecto não identificado se tratasse. Um disco. Um álbum de canções novas onde se aplicam conhecimentos, experiências, onde se registam e documentam para sempre um período da vida de uma série de músicos". É um disco de experiências, pequenas, simples, cristalinas...
"Kersche" é desde logo um disco mais pensado, sentido, um álbum de canções que nascem do tempo, da maturação dos dias e isso sente-se - até pela unicidade de cada uma das histórias. Com 10 temas apenas (mais um escondido), numa edição da Skud & Smarty e distribuição da Naked, "Kersche" mostra-nos uns Norton mais adultos e mais conscientes do sentido tomado - o resultado é sintomático.
Num desejo pop que se mantém desde o início da sua existência - nos discos, desde 2003 com o EP "Make Me Sound", descobre-se agora uma fresca e cintilante filigrana electrónica, que transporta o som dos Norton para um nível de abstracção e prazer superiores. Sem loucuras, apenas os pequenos prazeres.
É a pequena electrónica que constrói o cenário, cria o ambiente, é ela que pinta quase todo o quadro da nova música dos Norton. É ela que mete a máquina a mexer, que a faz fluir pelo ar, pela terra, pela água - por todo o lado. Apenas fluir. O cuidado nos arranjos, as melodias, toda a torrente sonora feita de coisas simples, as histórias que se contam daquela maneira; tudo isto é "Kersche". É uma certa maneira de fazer as coisas que se vai acentuando - o espírito indie dos Norton. Quando tudo parece estar na quantidade certa, à hora certa, no local certo. Só assim...
Porque depois, no fim, fica apenas a mesma vontade de a sentir...outra vez.
(in atrompa.blogspot.com)

---

"Depois de um primeiro disco, denominado “Pictures From Our Thoughts”, mais pop, e um segundo onde convidaram alguns amigos para misturarem temas do anterior, os Norton, criam um terceiro registo que fica a meio caminho entre um e outro.
“Kersche” é um disco essencialmente pop. São 11 temas, revestidos por uma fina camada electrónica que lhes dá um gosto muito especial. Como resultado temos um disco que é pop sem medo de o ser. Que é electrónico sem exagerar. Tudo colocado com mestria na balança, tendo cada elemento o peso certo. Os Norton pisam o fio de arame, mantendo o equilíbrio certo.
“Kersche” é assim um disco em que a melodia de fino recorte nos invade os ouvidos e nos floresce a alma. Sons que podem estar por vezes próximos de uns Sonic Youth, devido a uma guitarra mais sónica, que continuam a adorar uns Pavement, ou que se deixam levar por uns Belle And Sebastian.
No fundo este é o som típico de Castelo Branco, cidade que viu nascer algumas das mais importantes bandas indie portuguesas. Terra que ombreia com as Caldas da Rainha, apesar de por aqui o som que se escuta ser maioria das vezes muito mais sónico.
Este terceiro disco dos Norton é um diamante em bruto. Lapidado com o maior dos cuidados, para poder brilhar a olhos vistos. “Kersche” é um disco cirúrgico. Construído com o maior dos cuidados na mesa do laboratório. O som foi destilado com um saber invulgar. Esta experiência, apresenta um resultado, que nos traz de novo a certeza de que o mundo indie nacional continua de viva voz e com grupos que mesmo sabendo que por cá os dias deste som já sorriram mais, vive com a fé de que o que importa é meter no lazer toda a arte que brota de dentro deles.
O importante agora, é escutar “Kersche”, muitas vezes e descobrir todos os pequenos pormenores que adoçam este obra. É o que vou fazer… Por isso até breve, amigos…"
(Nuno Ávila in santosdacasa.blogspot.com)

Sunday, April 08, 2007

..: NORTON :.. @ Naked Festival - Lisboa / Porto

"Festival Naked no Alquimista: Um menu apetitoso!
...De seguida, os Norton apresentaram a novidade «Kersche», fresquíssima no mercado nacional. Os Norton são, em 2007, uma banda adulta, sofisticada, inteligente. Ao vivo, os temas dos albicastrenses ganham uma força redobrada, uso mais evidente de guitarras e mecanismos electrónicos. Não são músicos que se destaquem particularmente em termos de presença em palco, mas isso pouco importa perante a qualidade de boa parte do repertório apresentado. Destaque evidente para o catártico final com «Would You Like to be There?»..."
(in www.discodigital.sapo.pt)
---
"Naked Festival @ Passos Manuel
...Chega a vez dos Norton. Na bagagem um novo álbum. “Kersche” é diferente dos trabalhos anteriores. As guitarras indie ficaram – um pouco – para trás. Agora mandam as máquinas, analógicas a piscar o olho aos anos 80. Teclados e pequenos sons, “regados” com um acórdeão tímido. O som está muito mais próximo de coisas como The Gift (a nível nacional) ou da cena islandesa. Os Sigur Rós e os Múm andaram por ali, asseguro-vos!..."
(in www.divergencias.com)

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photos by ideiasnoescuro.com @ Santiago Alquimista - Lisbon

Wednesday, April 04, 2007

..: NORTON :.. @ Naked Festival

Friday ::: 6 April ::: 22h ::: Santiago Alquimista ::: Lisbon
Saturday ::: 7 April ::: 22h ::: Passos Manuel ::: Porto

..: NORTON :.. Live Video

Here you have one minute of "Would You Like To Be There?!...", the last song of Norton show at Clinic Club in Alcobaça, Portugal. Enjoy It!

..: NORTON :.. Live News

Por motivos alheios à banda o espectáculo de dia 13 de Abril no Belião Bar em Ponte da Barca foi cancelado, mas vamos estar no Norte esse fim de semana portanto não têm desculpa se não passarem no dia 14 no Whisky Bar em Braga ou no dia 15 na Fnac de Vila Nova de Gaia.
Foi adicionado à agenda um espectáculo novo em Portimão no dia 12 de Maio. Para breve devem ficar confirmadas passagens por Aveiro, Porto, Vigo, Coimbra... entre outras cidades. Encontramo-nos já esta sexta-feira em lisboa e no sábado no Porto...
até já

kisses & hugs
>>>norton

Tuesday, April 03, 2007

..: NORTON :.. @ Dif Magazine

The first review of Kersche in the Press.
If you live in Portugal you can find Dif Magazine for free at Clubs, Bars, Discos, Stores... or read the Pdf here! (only in Portuguese sorry!)

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

..: NORTON :.. @ Disco Digital

Entrevista com Norton: Espelho Mágico
Os albicastrenses Norton aterram agora no mercado com o segundo de originais «Kersche», disco assumidamente mais electrónico do que a estreia em longa duração, já lá vão alguns anos. Trabalho reflexo de uma série de vivências pessoais, «Kersche» assegura uma louvável evolução na sonoridade dos Norton. Rodolfo Matos, baterista da banda, assegura em discurso directo uma nova forma de criação de música.

«Kersche» é um disco claramente mais voltado para as electrónicas. A direcção tomada, diz o músico, surgiu de forma espontânea. Todavia, ao contrário do que se possa pensar, o disco de remisturas «Frames» - editado entre os dois de originais - pouco teve a ver com esta nova sonoridade dos Norton. «Sem dúvida que este é um disco marcadamente mais electrónico. Poderá parecer que o disco de remisturas tenha sido o «culpado» dessa mudança mas não. Acho que a causa maior para isso foi a mudança no nosso método de composição, montámos o nosso pequeno estúdio e isso mudou muito a maneira de fazer música para nós. Não foi algo muito pensado, aconteceu...Nós gostamos de nos deixar levar pelo que se passa a nossa volta.»
A estreia, com «Pictures From Our Thoughts», surge agora devidamente situada no tempo e mentalmente bem definida. O passado é algo que os Norton vêem com relativa naturalidade e global percepção de um trajecto sempre em crescimento qualitativo. E pessoal. Ainda recentemente vínhamos em viagem e falávamos de tudo isso. As grandes diferenças para nós são claras: o «Pictures From Our Thoughts» era um disco menos pensado, mais despreocupado, indie puro. Este, por seu lado, é um trabalho que teve um cuidado especial em todos os pormenores, da capa à gravação, passando pela masterização...tudo, mesmo. Se convivo saudavelmente com o nosso passado em disco? Depende dos dias (risos). Agora oiço e penso muitas vezes que podíamos ter feito muito melhor, mas é bom ter um primeiro disco assim como aquele. Nós éramos aquilo em naquela altura [2003-2004] e está aí o documento. Acho que é bonito ouvir e ver a diferença.»

Nome curioso para um disco, este termo «Kersche». O que representa, afinal? «O nome surgiu numa noite de estúdio. Andávamos entretidos a brincar com nomes, púnhamos letras, tirávamos, etc. Já tínhamos a capa delineada, já sabíamos ao que o disco final iria soar então tentámos arranjar um nome para o disco. Sugeri este e ficou, gostamos da ideia de não ter tradução, ser um nome próprio tal como o nome da banda…»

«Kersche» é, uma vez mais na carreira dos Norton, um disco com alguns convidados. Mais do que isso, de amigos, citando a própria banda. Cada qual com uma história curiosa e um contributo decisivo para o resultado final. Ao vivo, a história segue dentro de momentos. «Não o vejo muito como um disco de convidados, o anterior era mais, inclusive. A ideia para este foi convidar amigos que nos têm ajudado desde o começo, mas tudo na mesma linha. Convidámos o Nuno Gonçalves (The Gift) porque temos uma relação de amizade já desde a altura em que fomos apresentar o EP ao Clinic [espaço em Alcobaça gerido pelo músico dos The Gift] no início da banda. O Nuno já nos tinha remisturado também, e faltava a quase óbvia participação no disco. O Manuel Simões é amigo de longa data e chegou a fazer uns concertos connosco como guitarrista convidado. A Filipa Venâncio (Jaguar) foi talvez a participação mais pensada, porque queríamos uma voz feminina para participar no disco. Um pequeno apontamento, nada mais. Depois houve o João Valente dos Starlux, também amigo de longa data que tínhamos convidado para participar no disco mas por falta de tempo tinha sido impossível, e foi numa situação limite que aconteceu. Tínhamos o disco pronto mas naquele tema em concreto [«Frames of Yourself»] faltava ali alguma coisa. O Eduardo Ricciardi (produtor) ligou-lhe e ele gravou ao segundo take sem nós sequer ouvirmos. O João tem um feeling único a cantar. Depois tivemos ainda o João Santos (que nos acompanha ao vivo) que gravou Fender Rhodes Piano e o Eduardo que foi o produtor que muitas vezes saltava para a sala de captação para gravar um apontamento de guitarra ou de sintetizador, por exemplo.»
(por
Pedro Figueiredo in Disco Digital)

Monday, April 02, 2007

..: NORTON :.. Kersche Released Today!!!

A partir de hoje disponível em todas as lojas... Enjoy It!
---
Since today Kersche is available at all Stores... Enjoy It!